Atendemos | Grande Porto Alegre, Litoral e Serra

Superestimar a Vida Útil da Manta

Matéria: Eng. Roberto Massaru Watanabe

1- O PRODUTO:

Não é qualquer película, filme ou plástico que pode ser empregado para fazer a impermeabilização de uma laje. Já vi laje “impermeabilizada” com lona plástica (aquelas pretas) e até com toalha plástica de mesa de cozinha. Funciona? SIM!, mas por apenas alguns meses.

O produto denominado Manta Asfáltica é um produto fabricado sob rígidas condições técnicas impostas pela Norma Brasileira NBR-9952 – Manta Asfáltica para Impermeabilização.

Ser fabricado em conformidade com uma norma não significa que ela vai durar para todo o sempre. Ela tem uma Vida Útil.

Significa que se ela for armazenada, manuseada, aplicada e usada sob certas condições ela terá a vida útil desejada.

Alguns construtores imaginam que a manta asfáltica vai durar toda a vida e investem caro no revestimento do piso, principalmente no Apartamento de Cobertura assentando pisos caros de mármore ou granito.

Se esquecem que a Manta Asfáltica tem uma vida útil curta que não chega a 10 anos. Passado o período da vida útil, o revestimento do piso deve ser quebrado e removido para a aplicação de nova manta asfáltica no lugar. Se o proprietário do Apartamento de Cobertura não quiser ter esse trabalhão a cada 10 anos, então deve escolher um outro tipo de produto, diferente de Manta Asfáltica, para impermeabilizar a laje de cobertura.

Nos dias de hoje, com a proliferação de conceitos novos como a Varanda Gourmet, a questão da vida útil da manta asfáltica existe também nesses locais.

Veja definições tiradas da Wikipédia:

O asfalto ou alcatrão é um betume espesso, de material aglutinante escuro e reluzente, de estrutura sólida, constituído de misturas complexas de hidrocarbonetos não voláteis de elevada massa molecular, além de substâncias minerais, resíduo da destilação a vácuo do petróleo bruto. Amolece a temperaturas entre 150°C e 200°C, com propriedades isolantes e adesivas. Também denomina a superfície revestida por este betume. É muito usado na pavimentação de ruas, estradas e aeroportos.
Os primeiros registros são de 3000 a.C., quando ele era usado para conter vazamentos de águas em reservatórios, já passando pouco depois a pavimentar estradas no Oriente Médio. Nesta época, ele não era extraído do petróleo, mas sim feito com piche retirado de lagos pastosos.

Além de sua impermeabilidade, se deseja sua flexibilidade para que em aplicações como em lajes de cobertura que recebem a incidência dos raios solares o produto tenha uma boa flexibilidade capaz de acompanhar as movimentações térmicas da laje.

2- O PROBLEMA:

O grande problema é que a Manta Asfáltica perde a sua flexibilidade e elasticidade tornando-se rígida e quebradiça. Nestas condições ela trinca, quebra passando a permitir a passagem da água.

Não há necessidade de agentes externos para provocar a deterioração do asfalto. Basta deixar o tempo passar. Com o simples passar do tempo, determinados componentes voláteis que dão a flexibilidade e a elasticidade à manta asfáltica são volatilizados.

É difícil uma Manta Asfaltica funcionar bem por mais de 15 anos.

A nova norma brasileira, a de N0 15.575, que estabelece prazos mínimos para componentes construivos prevê um prazo máximo de Vida Útil de Projeto VUP de apenas 4 anos para componentes de impermeabilização de áreas externas como juntas, rodapés e outros elementos de arremate, e de apenas 8 anos para áreas externas não utilizáveis como jardins e de apenas 20 anos para áreas utilizáveis como pisos de coberturas e rampas de acesso a garagens de veículos.

Além da dificuldade natural de manter a flexibilidade e a elasticidade por muitos anos, a Manta Asfaltica tem a sua vida útil diminuida por falha na aplicação, quando esquecemos de aplicar elementos protetores como um bom isolante térmico sobre a Manta Asfaltica.

O Isolante Térmico tem a função importante de não permitir que a temperatura do piso se eleve em demasia causando a evaporação acelerada de componentes da manta que lhe dão a flexibilidade e elasticidade.

Uma Manta Asfáltica aplicada a uma laje de cobertura sem nenhuma proteção contra a incidência dos raios solares não dura mais que 5 anos.

3- PROTEÇÃO DA MANTA ASFÁLTICA:

São são os agressores da Manta Asfáltica?

1 – Nós mesmos, ao andar pisando em uma Manta Asfáltica vamos produzindo depressões que com o tempo viram furos.2 – Nós mesmos ao permitir que a firma de Antena instale a antena fincando pinos diretamente sobre a manta;3 – O sol por meio da Radiação Solar;4 – O sol por meio do calor;5 – A chuva de granizo causando um Choque Térmico;

Então, o que consegue proteger uma Manta Asfáltica?

1 – Colocando uma camada de concreto sobre ela para que as pessoas andando não venham a ferir a manta;2 – Colocando uma camada bem grossa de concreto (um bloco) para fixar a antena;3 – Colocando um revestimento de algum material reflexível para refletir a radiação ultra-violeta que vem do sol;4 – Colocando um revestimento de algum material isolante térmico (isopor, por exemplo) pra evitar que a manta seja aquecida;5 – Evitando que a água fique empossada sobre a Manta Asfáltica.

4- CONCLUSÃO:

Na melhor das hipóteses, com proteção mecânica e proteção térmica, uma Manta Asfáltica não consegue durar mais que 10 anos. Então, como fica o revestimento do piso feito com mármore importado da Carrara, ou granito especial? Se o local foi impermeabilizado com Manta Asfáltica, o piso precisa ser quebrado para a substituição da manta deteriorada.Então só se pode pensar em Impermeabilizar lajes de cobertura de apartamento de luxo feito com qualquer outro produto, menos com Manta Asfáltica.Você que está prestes a adquirir.

FONTE|MATÉRIA: http://www.ebanataw.com.br/infiltracoes/caso24.1.htm

a otimum nas redes sociais

  • Google+
  • Facebook